Companheira centenária

0 comentários

untitled-98.gif
Quando a última moda de Paris chegava em plagas brasileiras com um atraso de meses devido às longas viagens de navio, imagine o frisson causado pelo aporte da Singer no país. Enfim, mulheres daqui teriam acesso a um instrumento que não só facilitaria a lida doméstica, mas também poderia garantir o complemento para o sustento da família em uma época em que trabalhar fora de casa era privilégio masculino.

Por essas e outras, o livro Singer – presença nos lares brasileiros, publicação que a fabricante norte-americana de máquinas de costura prometeu lançar esse ano, em comemoração aos 160 anos de fundação da empresa, terá muito da história do desenvolvimento da moda feita aqui, do Brasil colônia aos dias atuais.


untitled-3233.gif
A marca está entre as mais populares do mundo desde o século 19. Prova o registro da primeira patente de Isaac Merrit Singer, em 1851. Muitos até creditam a ele a invenção da máquina de costura, mas não. “Ele desenvolveu o primeiro modelo prático”, registra Fabio Massaru Narahara, gerente de marketing da Singer na América Latina.

Sete anos depois da fundação da fábrica, Isaac Singer iniciou o processo de internacionalização da marca. Por aqui, a licença de funcionamento foi assinada pela princesa Isabel, ainda durante o Brasil colônia. No entanto, mesmo entre a população menos abastada, o produto teve saída. “Nós lançamos a compra a crédito, atingindo todas as classes sociais. Em pouco tempo, a máquina de costura passou a ser item obrigatório da lista de presentes das noivas, e, dali era conservada pelo resto da vida”, conta Fábio.

O gerente de marketing revela que a Singer mantém duas fábricas de máquinas de costura, uma em Xangai (China) e a outra em Juazeiro do Norte, no Ceará. Também uma fábrica de agulhas para máquina de costura está localizada no Brasil, em Indaiatuba, São Paulo. “Somos a única empresa do segmento com fábricas no país. Enxergamos a América Latina, e principalmente o Brasil, como regiões de destaque”, afirma.

Fonte e fotos | Jornal Estado de Minas, 11 de setembro de 2011.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quer saber mais?

Artigos

Artigos relacionados que vão te interessar

Ver mais

+ Deixe um comentário

Comentar

Para deixar um comentário é necessário se identificar: ENTRA ou conecte-se com Facebook Connect

Publicidade

WSL Weblogs SL